Apenas porque te amo

Ciumes-21

Escrito por: Anderson Torquata

Olá leitores, depois de muito tempo eu pensei em voltar falando sobre uma coisa que todo mundo já passou ou ainda vai passar… CIÚMES. Pensei, pensei e lembrei de um texto um pouco antigo de 2014, espero que gostem.

“O que é o ciúmes? Quais as vantagens de tê-lo?

Mas porque não tê-lo? O que há de tão errado nisso?

E aí você sabe?

Se souber me avise, pois não tenho tido tempo pra pensar

Não tenho tido tempo pra sonhar, muito menos respirar

Não tenho tido tempo pra nada, só pra ter ciúmes

Desculpa se tenho dado mais atenção a ele que pra você

Mas ainda não aprendi a te amar como você espera ou sonha

Sei lá, te amo apenas porque te amo

E isso é maior que todos os motivos que poderia ter para te amar

E o ciúme? Porque continua existindo se te amo tanto?

Será que não tenho te amado o suficiente ou amado de verdade?

Não, não, mil vezes não

Eu me recuso a criticar o amor que sinto por você e deixar o ciúmes sair ileso

Então qual seria a função desse ciúmes dentro desse amor tão grande?

Não sei, não sei o que ele é, nem suas vantagens ou desvantagens

Não sei porque o tenho e nem porque não deveria tê-lo

Tudo que sei é que se um dia deixar de sentir ciúmes

É porque deixei de sentir amor

Então espero que me perdoe por ser assim

Mas eu não posso deixar de ser ciumento, sabe porque?

Apenas porque te amo

Ps: Nunca chame de ciúme o sentimento doentio de posse sobre o outro, isso não é ciúmes é doença!!!

One thought on “Apenas porque te amo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *