Escrevo

Quando meu amigo Anderson me chamou e pediu para escrever um texto para o Dive Web eu logo disse: — Mas é claro amigão! Por que não Brother?!

Mas só foi eu fechar a janelinha do chat para que eu começasse a falar comigo mesmo:
— E agora? Que caralhos eu escrevo pra esse cuzão! Arrombado, fica enchendo o saco pedindo texto! É um puto mesmo!

Mas aqui estamos. E até ontem eu não tinha a menor ideia do que escrever. Para ser sincero, nem sei o porque de eu fazer qualquer coisa.

Então por que não falar sobre isto? Escrever.

Bem, eu escrevo bobajada a muito tempo, mas comecei a postar meus textos a menos de um ano. E Não sou lá muito frequente sabe, sou um blogueiro bem merda, diga-se de passagem. Sempre que ligo o computador para escrever, acabo me distraindo e acessando algum site pornô russo.

Se eu escrevesse em uma dessas, ao invés de um computador, eu não ficaria parando a cada 5 minutos pra ver putaria.

Neste tempo escrevendo, aprendi que não é a mais antiga forma de expressão. Em a mais sincera. Mas com certeza é uma das mais ingratas.

Tanto faz se você escreve romances, poemas, contos, frases de caminhão ou escreve merda pra internet, como eu. O dilema é sempre o mesmo: Você nunca saberá por que o faz. Não é glamoroso, não é divertido, não é fácil e a menos que você seja a porra da J.K. Rolling com a história do menino que queria ser bruxinha, não da grana nenhuma. Nem se quer dá pra usar isto pra comer ninguém.

Mesmo assim escrevemos.

Temos muita coisa pra dizer mesmo sem saber o que é.

Temos um legado pra deixar.

Quando escrevemos nos sentimos a porra do Neo entrando na Matrix.

Tentando entender. Tentando descobrir quem somos. Tentando salvar o mundo.

Nos sentimos o centro do universo, sem saber se isso é bom ou ruim.

E terminando sempre mais um texto sem conhecer o sentido da vida, sem ter as respostas, sem ter chegado a lugar nenhum e nos sentindo de uma maneira que nunca iremos conseguir descrever: Nos sentindo Felizes.

Escrito por: Samuel Patrian

One thought on “Escrevo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *