ACOMPANHADO DA SOLIDÃO

Não ando só,

não me sinto só…

Tenho a Companhia da Solidão.

Imagino essa História,

de outra forma

Sem a sua escolha…

de me deixar

meu bem que esteja bem,

com o seu bem que não sou eu!

e que a vida saia da sua vida.

E viva muitas vidas…

a solidão que me acompanha

Traz um drama de ser feliz.

e o vento com as lembranças

Traz o drama de ser feliz.

Escrito por: Aron Granier

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *