ODE A MORTE

Escrito Por: Carlos Monteiro Minha cabeça grita… Por palavras cortantes, Eu vejo pesadelos no seu semblante Necessito da poesia escrita. Fecho meus olhos e ouço – te, Implorando uma salvação […]

Sonho

Escrito por: Lucas Alves Avistei você vindo em minha direção. Você sorria e me olhava apaixonadamente, Envolvia-me em seus braços, Tocava-me e me fazia sentir como eu nunca havia sentido. […]

Sofro de Ausência

Escrito Por: Carlos Monteiro Sofro de Ausência, Ouço sua voz em minha mente… Dizendo: “Amo – te, Amo – te! Tenho um coração, Tenho um coração, Sem o fluído cósmico […]

Vômito visceral

Escrito Por: Carlos Monteiro Amor teu, Vômito visceral Noite cheia! Pesadelos insanos Palavras mortas em lábios secos Acordei. Quero beber dos sonhos seu, Arco – íris, duendes e fadas… Mortos […]

APRENDIZADO

Escrito Por: Carlos Monteiro Comecei a escrever, Não sei como! Senti as palavras na essência do meu ter. Para chegar nesta trajetória, Não sei como! Tive decepções ilusórias. Busquei um […]

MALDITA

Escrito Por: Sophia Saggezza Onde a tendência é só piorar Uma alegria do nada Uma miséria cretina Pobre alma que vaga sem rumo Vai até seu obscuro Sua caverna, sua tristeza […]

Relento

Escrito Por: Carlos Monteiro Um amor, Brotado nas raízes da piedade. Crescendo com a bruteza da sinceridade… Agora, eu clamo a simples verdade! De andar atrás de um velório despido […]

Pular para a barra de ferramentas