Cansada de estar cansada

Ela olhou para o relógio que mostrava meia-noite e quarenta. Esfregou os olhos cansados, e a única luz que vinha era do computador. Como chegou a este ponto?
– Mari?
– Oi, eu
– Ta tudo bem?
– Ta sim, é que esse deploy¹ não termina nunca
Os processos terminam depois de 1h e ela vai para casa. Ombros arqueados para frente, uma lágrima escorrendo ao sair do prédio. O que estava fazendo da sua vida?

08 da manhã…
(despertador) Bi bi bi bi bi bi bi – todos desligados com sucesso.
Patadas desenfreadas de gatos com miados – “okay, okay, to levantando”
Levantar. Comida e água para gatos. Limpar caixas de areia. Banho. Se arrumar. Sair. Tentar colocar uma música. Passar loucamente todas as músicas no meio do caminho. Chegar ao trabalho. Respirar fundo. Não pirar.
Em que ponto perdeu a felicidade? Acreditava tanto em fazer o que se ama, e fazer a coisa certa… Mas agora o que isso virou?
– Oi, ta tudo bem? Você está com uma cara de cansada…
Porra, já era a enésima vez que ouvia isso. Okays que não conseguiu dormir essa noite, mas estava cansada de ouvir isso e as reflexões que isso trazia.

Mais um dia. E outro. E outro.
Levantar. Comida e água para gatos. Limpar caixas de areia. Banho. Se arrumar. Sair. Tentar colocar uma música. Passar loucamente todas as músicas no meio do caminho. Chegar ao trabalho. Respirar fundo. Não pirar.
Repete. Repete. Rep…

Ops, nesse pirou. Repete.

Parou um dia e percebeu. Não era aquilo. Não era feita para ser explorada. Não era feita para ser infeliz mais de 1/3 de seu dia.
Correu atrás de seus sonhos. Abriu seu negócio. Pediu as contas. Mandou tudo aquilo se foder. Teve paz de espírito.

 

deploy = Implantação é a fase do ciclo de vida de um software, no contexto de um Sistema de Informação, que corresponde textualmente à passagem do software para a produção. O processo de implantação universal consiste de várias atividades intercaladas como possíveis transições entre elas.

Escrito por: Bárbara Dias

Instagram|Facebook

Deixe uma resposta