Gostar, se apaixonar e amar

Você já gostou de alguém? Ou se Apaixonou? Ou amou alguém?

Muitas perguntas e sentimentos diferentes, o que sentir pela pessoa amada? As vezes nos declaramos para muitas pessoas supérfluas, pessoas que não merecem aquele sentimento.

As vezes gostamos de uma pessoa só de conversar ou só de olhar para ela. Seria o gostar a primeira vista?

Quando vira paixão? Quando achamos que a pessoa é perfeita em todos os sentidos, concordamos com ela mesmo que esteja errada, quem nunca se apaixonou por uma pessoa só por ela ser “perfeita”? Às vezes nos apaixonamos pela pessoa errada… Ou pela pessoa certa, seja paixão de amigos ou de namoro mas quando bate aquele momento “estou apaixonado(a)” não tem defeito que mude isso.

Já o amor o sentimento mais forte e poderoso que se pode ter é aquele sentimento que não sabemos explicar.

  • Eu te amo mais que tudo nessa vida!

Quem nunca disse isso? Quem não ama ouvir isso? Você já declarou o seu amor hoje? O amor é um sentimento tão poderoso, mais forte que o gostar e o se apaixonar, quando amamos aprendemos a aceitar o defeito da pessoa amada, nos moldamos a ela e fazemos loucuras.

Quando amamos respeitamos a pessoa até mesmo quando não estamos juntos, respeitamos o seu espaço e amamos em segredo sem mostrar para pessoa amada. Amamos escondido e aguentamos as dores de uma mágoa.

Pense bem antes de falar que ama uma pessoa, passe pelas fases; Gostar, se apaixonar e finalmente amar.
Pois um “eu te amo” em vão, você pode se machucar e machucar a pessoa, Então goste da pessoa, se apaixone pelo seu jeito de ser e ame… Ame como se não houvesse amanhã pois com o amor vencemos barreiras.

Escrito por: Lucas Alves

11 comentários em “Gostar, se apaixonar e amar

  1. Sou noiva agora, e, foi dificil falar o eu te amo logo de cara, ops, logo pelo video chamada do facebook, foi namoro a distancia por 2 anos, mas antigo relacionamento eu so fui usada como aposta e isso me tornou fria, não tive muitos namorados o meu noivo foi o 3, o segundo nao deu certo pois nao o amava, então preferir acabar com o relacionamento, e o primeiro voce ja sabe. Mas, nesse relacionamento a distancia me ensinou a amar novamente e muitas outras lições, o amor é uma arma muito forte que juntou duas pessoas de paises diferente, somos fruto desse amor e que superou as barreiras. Otimo post

    xoxo

    Stephany Story Blogger

  2. Eu sou uma pessoa bastante racional, dificilmente me deixo levar pelas emoções. Não significa que eu não sinta, mas reflito muito e as minhas decisões em prosseguir com um relacionamento dependem muito de outros fatores além de estar apaixonado e ser correspondido.

    Gostei das suas reflexões!

    ______

  3. Oi Lucas! Acho que oamor é o sentimento mais poderoso que existe. Eu sou casada com meu primeiro namorado e desde sempre temo o hábito de nos despedimos dizendo o quanto nos amamos. Acho que faz bem falar isso. Amar e se sentir amado. Belo texto. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

  4. Nossa eu li esse texto e só consegui relacionar as atrizes que eu sou fã, e pensando nisso até numa relação entre fãs consigo perceber bem esse desenrolar, do gostar, do se apaixonar e de amar, e faz muito sentido, afinal amor de fã também é algo lindo demais, agora sempre vou pensar nisso

  5. Nossa super concordo com o seu post, eu namoro há 06 anos e demorou um longo tempo para dizermos “eu te amo” um ao outro, acho que a relação deve ser bem explorada antes de fazer tal declaração, muitas das pessoas nem sabem o real significado dessas 3 palavrinhas e soltam ao vento…

  6. Oi Lucas,

    Primeiramente, parabéns pelo texto. Seu post está muito bem escrito e além disso traz muitas verdades que aprendemos com o tempo e nos traz também algumas certezas. Eu não sou uma pessoa que se abre com facilidade, então demonstrar sentimentos para mim é bem difícil. A única vez que disse um “eu te amo” para alguém (namorado) se tornou em um grande trauma depois e acabei percebendo que nem o amava de verdade, era apenas paixão. Então passar por essas fases que você citou é fundamental. Amei o post!

    Beijos!

  7. Gostei demais do seu texto. Profundo e reflexivo. As pessoas não imaginam que a frase “Eu te amo” seja forte e tão intensa que podem machucar uma pessoa se não dita com veracidade.

  8. Ao ler seu texto me fez lembrar de um dos videos do professor Pedro Calabrez, realmente existe uma grande diferença em cada um dos tres sentimentos e obvio que sempre torcemos para um amor reciproco que dure para toda a vida

    1. Fico feliz que tenha gostado, sim podemos gostar de alguém sem a necessidade de amar, mas é aquilo, sempre vem o amor e carinho pela pessoa, independente da forma de amor.

Deixe uma resposta