O Fim e a Insônia 

Acordo pela noite e o sono me abandona. Você invade meus pensamentos mais uma vez.

Olho e a imensidão da cama vazia me machuca, então faço a trilha de noites de insônia. Vou até a cozinha e pego seus chás de cidreira e camomila pela metade, o chá que você nunca mais vai beber. Penso em porque você misturava os dois e coloco a água para ferver. Lembro de você reclamando do meu leite quente quando acordava na madrugada com você. Acredita que até disso eu tenho saudade?

Coloco o chá na água já fervida e o cheiro que invade meu nariz faz lembrar mais ainda de você. Lembro quando a noite ainda tinha do seu bolo de baunilha, lembro do cheiro das rosas que eu trazia para você…

Mas nessa noite a saudade maior, que me causa insônia, é de você toda. Seu cheiro no travesseiro, seu cabelo caindo no rosto, suas manias irritantes e suas doçuras.

Eu achava que teria mais tempo contigo… 10, 20, 50 anos… Mesmo em constante mudança e adaptações ao novo eu uma da outra. Mas essa chance foi tirada de mim… de você…

Não mais você fundaria a ong que queria. Não mais seríamos mães juntas. Não maia haveria seu sorriso. Nunca mais…

 

Escrito Por: Jack Dias

 

 

Deixe uma resposta