Tag: conto

Jack Dias, Texto

A distância

Nesse sonho, depois de tanto tempo com borboletas no estômago quando você me olhava, não podia mais te ver a não ser que por vídeo chamada, e isso me matava aos poucos de saudade, de necessidade de te sentir