Vai Vir o Arco-íris

Para ler escutando “A Thousand Miles” de The Piano Guys

Meu bem, estamos vivendo num mundo de incertezas e relacionamentos líquidos. São tempos difíceis, eu sei. Por isso quis ir um pouco além, além de mensagens de texto, além de áudios curtos que algumas raras vezes trocamos. Quis te escrever uma carta, como era feito antigamente. Nessa carta posso detalhar um pouco de minha alma transbordante para você, mas quero algo que vai além disso. Nessa carta quero acalentar seu coração que começa a bater um pouco assustado, que pede um pouco de esperança.

Eu nunca te falei, mas sabe quando caiu a ficha que era você? Foi logo no primeiro olhar sei que recebi, depois disso não consegui te tirar da minha mente quando escrevia algo, ou quando imaginava algo romântico por mais besta que fosse. E isso foi crescendo a cada olhar, e depois a cada conversa. Mesmo sendo tão diferentes fomos compartilhando nosso mundo um com o outro, ganhando confiança, intimidade e quebrando nossos medos aos poucos. Ainda temos medo, mas acho que ele vai passar.

E hoje não conseguimos nos olhar, e não posso escutar sua voz nem ver sua expressão numa conversa real, cara a cara. Hoje temos que ficar em casa, para o bem, para nos cuidar e para cuidar do próximo. Acho que pensar nisso é o que mais ajuda a manter a calma, pensar que é algo importante para o mundo em que vivemos. E ajuda também pensar que é temporário. Todo esse caos, toda essa tempestade um dia vai passar. Enquanto isso, te faço alguns convites.

Ao longo desse tempo que te conheci, meu bem, percebi que para você é difícil falar algumas coisas e algumas doem, mas não guarde para si. Tudo o que guardamos floresce em nós – tanto o amor quanto a dor. Guarde apenas o que te faz bem. O que não te faz, coloque pra fora. Se quiser falar estou aqui, mas se não… escreva uma carta. Pode ser para mim, pode ser para o mundo, pode ser para você mesmo… transborde até esse sentimento escorrer pra fora de você.

Isso tudo vai passar. E eu vou estar aqui esperando pra te dar o abraço que por medo nunca te dei, pra trocarmos os olhares que faz tempo que não trocamos. Pra te falar olhando em seus olhos que te quero bem, te convidando a ficar comigo.

O mundo vai estar esperando pra você realizar todos os seus planos e sonhos.

Vai vir o arco-íris.

 

Escrito por: Jack Dias

 

Deixe uma resposta