Vômito visceral

Vômito visceral

Escrito Por: Carlos Monteiro

Amor teu,
Vômito visceral
Noite cheia!
Pesadelos insanos
Palavras mortas em lábios secos
Acordei.
Quero beber dos sonhos seu,
Arco – íris, duendes e fadas…
Mortos nesta noite pela pedra da língua ferina
Olho para meu teto, vejo uma espada,
Acordei.
Ainda estou tão bêbado,
De ressaca, perdido em meus pensamentos…
O que eu fiz ontem?
Vomitei meu fracasso!

Deixe uma resposta